quarta-feira, 16 de junho de 2010

KAKÁ - Se ele não começar a jogar...



O meia da Seleção Kaká, que não foi bem na estréia contra a fraca Coréia do Norte.

O técnico Dunga convocou uma seleção recheada de volantes e com poucos craques.

Concordo que o treinador conseguiu bons resultados com essa formação, mas foi com Kaká e Luís Fabiano voando em campo.

Hoje, eles estão voltando de contusão, sem ritmo e fora de forma.

E nenhum meia habilidoso com caracteristícas de armação foi convocado para ser reserva de Kaká.

Aliás, o banco de reserva mais fraco que já vi do Brasil em Copas. Apenas Nilmar e Daniel Alves podem mudar o rumo de um jogo. E talavez o Ramires.

Acredito que a Seleção possa ser hexa, até porque os adversários também não estão lá essas coisas.

Se ganharmos, vai ser sem brilho e no sufoco, como em 1994, quando Dunga era capitão. Aliás, este time é muito parecido com o do tetra.

Ambos tinham uma boa defesa, um meio campo cheio de operários e apenas um craque, só que em má fase (Raí em 94, Kaká atualmente), e uma grande dupla de ataque.

Será que, assim como Raí, Kaká não vai se recuperar durante o Mundial e vai perder uma vaga no time titular para um volante?

Será que Robinho e Luís Fabiano conseguem ser tão decisivos como Bebeto e Romário?

Só o tempo vai responder...
Postar um comentário